12 Segredos para uma boa auto-estima

 

Se você tem depressão e baixa auto-estima, aprenda a gostar de si mesmo e de ser menos dependente das opiniões dos outros.

1. Controle o diálogo consigo mesmo

Você deve mudar seu diálogo interno se você acha que não é bom o suficiente ou pensa que os outros não gostam de si adequadamente.

Ao assumir que outras pessoas lhe devem alguma coisa em seus méritos, você vai sofrer por ter expectativas irrealistas e insatisfeitas, e como resultado vai ficar com raiva, exigente, e vai se sentir constantemente vazio por dentro.

Tente ser bom o suficiente para si, sem se preocupar com a apreciação dos outros.

Uma boa estratégia é investigar os seus pensamentos, pergunte a si mesmo:

  • Que evidências suportam o meu pensamento?
  • As outras pessoas diriam que isso é verdade sobre mim?
  • Será que me sentir assim faz-me sentir bem comigo mesmo ou ruim sobre mim mesmo?

2. Encontre o equilíbrio

Se você se colocar em segundo lugar e não satisfazer as suas necessidades básicas, você tem que começar a ver, em primeiro lugar, o que é essencial para você, e, em seguida, atender às necessidades dos outros. Ao colocar-se em primeiro lugar, você vai se sentir importante, divertir-se e não estar dependente dos outros.

Por outro lado, se está à espera que is outros são capazes de fazer tudo para você, você nunca pode aprender a tolerar as imperfeições dos outros, e, portanto, não vai desenvolver habilidades de empatia que são indispensáveis para manter relacionamentos saudáveis.

Olhe para o equilíbrio entre o que você precisa fazer para si e para o que pode esperar dos outros.

3. Aprecie e Valorize

Se o seu senso de auto-estima é baseada em agradar aos outros, isto vai devasta-lo. Seu valor é definido apenas pelo tratamento que você aceitar ou qual o tratamento que você espera, e não pela forma como você é na relação com as pessoas.

Além disso, enquanto espera que o elogiem, você não pode desenvolver a sua auto-estima. Você vai dar valor, com base na opinião dos outros, e, em seguida, a sua auto-estima vai ser superficial.

Para aprender a valorizar-se, assuma a responsabilidade pela sua vida e veja como ela sente a sua própria força.

4. Crie a sua felicidade

A felicidade não é uma coisa dada, mas sim um processo de desenvolvimento. Se o sentimento de felicidade não vem de dentro, você naturalmente irá procurá-la. Mas isso leva a dependência emocional.

Acredite que você merece amor e felicidade. Procure maneiras de ser feliz, crie um bom humor e desfrute da sua vida. Só ai, você vai atrair pessoas que o vão adorar com a mesma força como você ama a si mesmo.

5. Tenha orgulho em si

Faça coisas que tem orgulho. Cuide da sua aparência, seja simpático, vista-se bem e seja calmo, lembre-se dos limites, e cuide do seu corpo, irá ver que a depressão por baixa auto estima irá desaparecer.

Mantenha-se confiante. Você tem muitas qualidades, diga o que quiser. Confie em si mesmo, o que você é, e orgulhe-se por isso. Não se compare com os outros porque você é único neste mundo.

6. Faça Exercício Físico

Se está com depressão e auto-estima baixa, o exercício é bom em todos os aspectos. Para começar, ainda não inventaram um melhor calmante e antidepressivo. Exercício faz com que fique bem-humorado e satisfeito com o seu corpo. Nada machuca mais a auto-estima do que ser infeliz com sua aparência.

Faça exercício pelo menos três vezes por semana e passe mais tempo fora. Ao sair de casa, você sai da rotina e lembra-se como tudo é maravilhoso, como a vida é boa e quantas coisas você pode ser grato.

Apenas um pouco de ar fresco tira o mau humor da sua cabeça.

7. Esforce-se

Trabalho gera talento, então esqueça que para ter sucesso tem que ter habilidades raras. Aqueles que trabalham duro, sem qualquer privilégio conseguem ter sucesso.

Nada vai deixá-lo tão satisfeito como a orientação para uma meta, a fidelidade a si mesmo se manifesta no trabalho duro.

O sucesso gera naturalmente amor próprio e auto-estima, bem como o sentimento de felicidade.

8. Coma Bem

Para se sentir bem e ser feliz, tenha uma alimentação saudável. Deixe seu cérebro consumir nutrientes que ajudam a estar em boa saúde e de bom humor. Coma vegetais, ingira bastante água e proteínas simples.

9. Opte por relacionamentos saudáveis

Escolha as pessoas que o tratam com amor e respeito. Desista das relações em que você tem que provar constantemente o seu valor para manter o amor do parceiro.

Além disso, de modo a ter uma auto-estima adequada, evite que os outros exijam satisfazer as suas necessidades.

10. Conte consigo mesmo

Não deixe que os outros façam o que você pode fazer sozinho. Ser preguiçoso não o levará a uma autoestima saudável. Saiba como satisfazer as suas necessidades básicas e sentir bem quando você está sozinho.

Assuma o controle de si mesmo e se torne numa boa pessoa, na qual você pode admirar, e que você pode contar e confiar.

11. Deixe que os outros sejam eles mesmos

Se você é emocionalmente dependente, e não é confiante ou exige muitas coisas, é provável que tente controlar aqueles que ama.

As pessoas vão amá-lo muito mais se você lhes der liberdade para eles serem quem são.

12. Sinta-se feliz por os outros

Uma pessoa com boa auto-estima quase nunca tem ciúmes porque ele está satisfeito com sua vida, carreira e relacionamentos. Em primeiro lugar, esteja feliz com você mesmo, com a pessoa que você é. Mas também se sinta feliz pelos os outros.

Acredite em mim, há amor, sucesso e felicidade para todos. Se você perceber que o fato de os outros terem coisas boas, não é um obstáculo a que você as tenha, então deixará de pensar sobre o sucesso e a felicidade dos outros como uma ameaça para si e sua auto-estima.

Lembre-se, sua auto-estima é o seu presente para você mesmo e aos outros.

(in:sairdadepressao)

Untitled-2

Deixe uma resposta